RDA para teses e dissertações em literatura e cinema

Análise do RDA para teses e dissertações em literatura e cinema

Recentemente foi defendida na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) a dissertação Análise do RDA para teses e dissertações em literatura e cinema, de autoria de Raquel Bernadete Machado.

O Resource Description and Access (RDA) é a nova diretriz para a catalogação desenvolvido para substituir o Código de Catalogação Anglo-Americano, segunda edição (AACR2) com a finalidade de melhorar a recuperação da informação. Nesse sentido, a presente pesquisa objetiva analisar como os registros bibliográficos de teses e dissertações da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) das áreas de literatura e cinema serão afetados com os padrões do código RDA. Para responder aos questionamentos realizados neste estudo delinearam-se como objetivos específicos: elaborar registros bibliográficos de teses e dissertações da UFSC no padrão RDA; comparar os elementos catalográficos nos padrões AACR2 e RDA; analisar os registros bibliográficos de teses e dissertações da UFSC nas áreas de literatura e cinema de acordo com os padrões do RDA; identificar e propor elementos consistentes para a descrição dos registros bibliográficos das teses e das dissertações da UFSC conforme o padrão RDA; analisar os registros bibliográficos das teses e das dissertações da UFSC, especificamente no que se refere às entidades-relacionamentos e verificar na literatura nacional e internacional implementações práticas do novo código que possibilitem identificar vantagens e desvantagens do RDA. A pesquisa caracteriza-se como qualitativa de caráter exploratório e descritivo, além disso se utiliza do método estudo de caso e de acordo com sua finalidade é uma pesquisa aplicada. Os resultados do estudo foram analisados sob a perspectiva das tarefas dos usuários e apontou que a descrição bibliográfica apresenta modificações significativas correspondentes ao formato, conteúdo e mídia de um recurso. Com base na análise dos registros e dos resultados obtidos, pode-se concluir que o catalogador precisa despender mais atenção, conhecimento e tempo na sua prática o que sugere a esse profissional a necessidade de educação continuada.

O texto completo da dissertação está disponível em: http://www.faed.udesc.br/arquivos/id_submenu/2121/raquel_bernadete_machado.pdf

Autor: Fabrício Assumpção

Bacharel em Biblioteconomia. Doutorando em Ciência da Informação na UNESP.

Um pensamento em “RDA para teses e dissertações em literatura e cinema”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *