Relações bibliográficas de conteúdo na descrição e acesso de recursos

Relações bibliográficas de conteúdo na descrição e acesso de recursos
Fonte: https://www.loc.gov/catdir/cpso/o-que-e-frbr.pdf

Os anais do XVII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (ENANCIB), que ocorreu em Salvador de 20 a 25 de novembro de 2016, já foram publicados. Esse ano o evento contou com a apresentação de diversos trabalhos relacionados à catalogação, entre eles Relações bibliográficas de conteúdo na descrição e acesso de recursos, de autoria de Raquel Bernadete Machado e Ana Maria Pereira.

Em geral, os catálogos apresentam os dados descritivos, predominantemente, sob os aspectos físicos de um documento. O conteúdo das obras é especificado atribuindo alguns descritores de assunto. Por outro lado, é possível identificar que certos tipos de obras, como as traduções e as adaptações de outras obras, apresentam interligações que não são visíveis na apresentação no catálogo. O presente artigo analisou como ocorrem as relações bibliográficas de conteúdo na descrição e no acesso de recursos no catálogo de uma biblioteca universitária. Utilizou-se de uma breve pesquisa bibliográfica e analisaram-se cinco registros bibliográficos com a finalidade de identificar as relações bibliográficas de conteúdo e apresentar a descrição e o acesso dos recursos informacionais dessas obras. Os relacionamentos apontados na amostra deste artigo mostram que ocorreram relações bibliográficas de conteúdo dos tipos descritivo e derivativo. É possível inferir que um catálogo construído nos moldes dos modelos conceituais possibilita melhorias na recuperação da informação, pois amplia o acesso a outros recursos.

O trabalho está disponível em: http://www.ufpb.br/evento/lti/ocs/index.php/enancib2016/enancib2016/paper/view/3682

Autor: Fabrício Assumpção

Bacharel em Biblioteconomia. Doutorando em Ciência da Informação na UNESP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *