Trabalhos sobre catalogação no XXV CBBD

 XXV Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação (CBBD)

De 7 a 10 de julho de 2013 será realizado em Florianópolis – SC, o XXV Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação (CBBD). A lista dos trabalhos a serem apresentados durante o evento foi divulgada recentemente. Seguem os títulos e os autores dos trabalhos que talvez abordem temáticas relacionadas à catalogação.

Título Autor(es)
AACR2 X RDA: breves reflexões acerca dos registros de autoridade Denise Mancera Salgado; José Fernando Modesto da Silva
Adequação do Dublin Core ao AACR2: o caso da Biblioteca Digital da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais Paulo de Castro Gonçalves, Cristina Machado Leão, Márcia Milton Vianna
Agilizando processos: o novo sistema gerador de fichas catalográficas (Pôster) Patrícia de Borba Pereira, Alex Machado Borges, Aline Herbstrith Batista, Leda Cristina Lopes Peres Lopes, Raquel Siegel Barcellos
Descrição dos boletins da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras e Faculdade de Filosofia (FFCL) e Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) utilizando o padrão de metadados Dublin Core (DC) Brianda de Oliveira Ordonho Sígolo; Eliana Mara Martins Ramalho
FRBR como ferramenta para a descoberta de informação (Pôster) Karyn Munyk Lehmkuhl, Liliane Vieira Pinheiro
Information Integration: Mapping Cultural Heritage Metadata into CIDOC CRM Lais Barbudo Carrasco
Interação entre usuário e catálogo: perspectivas junto à Web 2.0 Fabrício Silva Assumpção; Maria José Vicentini Jorente; Plácida L. V. Amorim da Costa Santos
Organização, acesso e divulgação da coleção de periódicos da Biblioteca de Obras Raras da Escola de Minas (UFOP) – 1ª Fase: Catalogação e Migração de dados Renata Ferreira Santos
Participação das bibliotecas brasileiras no WorldCat (Pôster) Nadia Bernuci Santos, Margarete Gomes Borba, Camila da Silva Antunes, Carina Volotão, Adriana Ornellas
Tecnologias aplicadas à catalogação: a utilização de folhas de estilo XSLT na conversão de registros bibliográficos do PHL para o Formato MARC 21 Fabrício Silva Assumpção; Plácida L. V. Amorim da Costa Santos

Atualização: Os anais do XXV CBBD estão disponíveis em portal.febab.org.br/anais.

Além da apresentação desses trabalhos sobre catalogação, durante o evento ocorrerá também uma reunião do Grupo de Estudos e Pesquisa em Catalogação (GEPCAT) (8 de julho) e os workshops “MARC 21 – Bibliográfico”, ministrado por Socorro Almeida, e “Representação e metadados em ambientes digitais”, ministrado por Zaira Zafalon.

Cabe lembrar que de 27 a 29 de novembro de 2013 acontecerá no Rio de Janeiro o II Encontro Nacional de Catalogadores (ENACAT) e o IX Encontro Internacional de Catalogadores. O prazo para a submissão de trabalhos para esses encontros é de 25 de agosto.

IX EIC - Encontro Internacional de Catalogadores e II Enacat - Encontro Nacional de Catalogadores

II Encontro Nacional de Catalogadores (ENACAT)

IX EIC - Encontro Internacional de Catalogadores e II Enacat - Encontro Nacional de Catalogadores

Está aberto o período de submissão de trabalhos para o IX Encontro Internacional de Catalogadores (EIC) e II Encontro Nacional de Catalogadores (ENACAT). Os dois eventos ocorrerão em conjunto de 27 a 29 novembro de 2013, no Centro Empresarial Firjan, no Rio de Janeiro – RJ.

Os eixos temáticos do evento são: Novos rumos da catalogaçãoProdutos e serviços de catalogaçãoPolíticas públicas para catalogação. Os trabalhos devem ser submetidos até 25 de agosto.

As normas para a submissão e outras informações sobre o evento podem ser obtidas em enacat.ufscar.br.

Notas sobre o I ENACAT e III EEPC

Biblioteca NacionalAconteceu na Biblioteca Nacional, nos dias 4 e 5 de outubro, o I Encontro Nacional de Catalogadores (ENACAT) e III Encontro de Estudos e Pesquisas em Catalogação (EEPC) realizado pela Biblioteca Nacional e pelo Grupo de Estudos e Pesquisa em Catalogação (GEPCAT).

Os trabalhos apresentados no evento estão disponíveis aqui.

Decidi fazer este post para comentar algumas das questões discutidas no evento e sobre o evento. Vamos lá. Primeiramente gostaria de parabenizar os idealizadores e organizadores. O evento foi simplesmente muito bom! E esse sentimento parece ter sido geral, conversei com diversas pessoas que expressaram um sentimento de grande contentamento.

Para a conferência de abertura, tivemos Gerardo Salta apresentando as bases, a estrutura e alguns dos aspectos da implantação do RDA.

Conferência de abertura: “RDA, Descripción y Acceso al Recurso: bases, estructura e implementación” por Gerardo Salta.

Logo pela manhã, ao final da Mesa 1, “A Representação Descritiva em tempos digitais”, a discussão ficou empolgante. O protagonista da cena: metadados. Penso que no início da discussão houve uma confusão entre metadados e o padrão de metadados Dublin Core. Ou foi essa confusão, ou foi um tremendo choque entre diversas, digamos, “correntes teóricas”, entre aquela na qual estou sendo formado e tantas outras – umas um tanto radicais, confesso. Mas a discussão foi bem conduzida, diversos pontos de vistas foram apresentados.

Mesa 1: Kátia Lúcia Pacheco, Aline da Silva Franca, Fabiano Ferreira de Castro, Daniela Pires e Ana Carolina Simionato .

Outra característica da Mesa 1 foi a reunião de trabalhos que abordavam a descrição de diferentes tipos de recursos informacionais: literatura indígena, obras raras, imagens digitais e documentos musicais.

“Documentos musicais: atributos e desafios para a representação descritiva” por Kátia Lúcia Pacheco.

A Mesa 2 trouxe algumas “Visões sobre o FRBR“. O estudo em andamento “O conceito e a instanciação de obra em catalogação”, apresentado por Marcelo Nair dos Santos, trouxe alguns autores do cenário internacional da catalogação: Martha Yee, Barbara Tillett e Richard Smiraglia. Embora não tenha lido o trabalho completo, fiquei empolgado com a proposição, pois a área de catalogação descritiva no Brasil carece de estudos com tal especificidade e profundidade teórica.

Mesa 2: Marcelo Nair dos Santos, Débora Adriano Sampaio, Fernanda Passini Moreno, Bruno Augusto Carvalho da Cunha e Gabriela Almendra.

A mesa seguinte, “Padronização para cooperação interbibliotecas”, com apresentadores empolgados e empolgantes, trouxe uma proposta para o ensino de FRBR por meio do alinhamento de alguns conteúdos das disciplinas “tecnológicas” ao conhecimento necessário para um melhor entendimento do modelo conceitual.

Mesa 3: Ana Virginia Teixeira da Paz Pinheiro, Nadir Ferreira Alves, Stela Márcia de Oliveira Pacheco, Denise Mancera Salgado e Vilma Carvalho de Souza.
“Os conceitos básicos da tecnologia da informação e comunicação (TICS) para o entendimento dos FRBR: a experiência da UFRJ” por Ana Maria Ferreira de Carvalho, Maria José Veloso da Costa Santos e Nadir Ferreira Alves.

O segundo dia do evento começou com apresentações sobre a pesquisa em catalogação nos programas de pós-graduação brasileiros.

Zaira Regina Zafalon, Fernando Modesto, Nanci Elizabeth Oddone, Plácida Santos e Cristina Dotta Ortega.
A catalogação nos programas de pós-graduação brasileiros, apresentado por Fernando Modesto.
“Panorama da pesquisa em Catalogação nos programas de pós-graduação brasileiros: o caso da UFMG” por Cristina Dotta Ortega.
Breve histórico do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Unesp, apresentado por Plácida Santos.

Na apresentação seguinte, Zaira Regina Zafalon, trouxe para o evento sua tese “Scan for MARC: princípios sintáticos e semânticos de registros bibliográficos aplicados à conversão de dados analógicos para o Formato MARC21 Bibliográfico“, defendida em junho deste ano no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Unesp.

“Scan for MARC” por Zaira Regina Zafalon.

A Mesa 4, “Catalogação: princípios iguais para documentos diferentes”, assim como a Mesa 1, cobriu questões relacionadas a representação de diferentes tipos de recursos informacionais: recursos contínuos, partituras e histórias em quadrinhos.

Mesa 4: Hugo Leonardo Abud, Alda Lima da Silva, Elisa Campos Machado, Alex da Silveira e Ana Catarina Macêdo de Sena.

A Mesa 5, “Visibilidade e aplicabilidade da catalogação”, trouxe discussões sobre ensino de catalogação, padrões de metadados e produção científica nacional na área de catalogação descritiva.

Mesa 5: Elizete Vieira Vitorino, Fernanda Passini Moreno, Rosa Maria Correa, Regina Verly dos Santos e Rachel Cristina Vesu Alves.

No trabalho “Publicação de artigos científicos em periódicos brasileiros na área de Representação Descritiva”, das autoras Regina Verly dos Santos, Gerlaine Pereira da Rocha e Naira Christofoletti Silveira, foi realizado um levantamento dos artigos sobre catalogação descritiva publicados em 15 periódicos nacionais da área de Ciência da Informação no período de 1992 a 2012.

“Publicação de artigos científicos em periódicos brasileiros na área de Representação Descritiva” por Regina Verly dos Santos, Gerlaine Pereira da Rocha e Naira Christofoletti Silveira.
“Publicação de artigos científicos em periódicos brasileiros na área de Representação Descritiva” por Regina Verly dos Santos, Gerlaine Pereira da Rocha e Naira Christofoletti Silveira.

Infelizmente não pude assistir a última mesa de trabalhos e a reunião de encerramento. Espero que o vídeo do evento seja disponibilizado.

Observações

Os trabalhos apresentados contemplaram uma grande variedade de temas, cobrindo inúmeros aspectos da catalogação. Um destaque vai para as questões sobre a representação de recursos informacionais de tipos que não o “tradicional livro”: documentos musicais/partituras, recursos contínuos/periódicos/publicações seriadas, obras/livros raros, imagens digitais e histórias em quadrinhos.

Uma discussão/inquietação permeou diversas mesas durante o evento: a carga horária destinada às disciplinas de catalogação. Um dos pôsteres também abordou essa questão.

Algo que ficou evidente: se o catalogador quer saber sobre FRBR é necessário que ele saiba ao menos o mínimo sobre modelos entidade-relacionamento e bancos de dados.

Algo não tão evidente, mas que considero de extrema importância: Se o catalogador deseja falar sobre conversão de registros, bancos de dados, metadados, padrões de metadados ou assuntos relacionados, deve saber ao menos o mínimo sobre XML.

O evento trouxe também ótimas notícias sobre os próximos anos. O GEPCAT e a BN pretendem dar continuidade aos ENACATs e aos EEPCs, sendo que os ENACATs serão realizados pena BN nos anos ímpares e os EEPCs ocorreram nos anos pares sob a realização do GEPCAT, possibilitando a ocorrência de um evento de catalogação por ano!

Outra ótima notícia é que a BN sediará, em novembro de 2013, o IX Encontro Internacional de Catalogadores (o VIII Encuentro será realizado na Biblioteca Nacional da Venezuela) em conjunto com o ENACAT.

Para a realização do próximo EEPC, dois docentes mostraram-se interessados em levar o evento para suas universidades: Débora Adriano Sampaio da Universidade Federal do Ceará – Campus Cariri, e Fabiano Ferreira de Castro da Universidade Federal de Sergipe. A escolha do local para o próximo evento, no entanto, ainda não foi feita, uma vez que o GEPCAT entende que há a necessidade de analisar a viabilidade do evento junto às universidades e às agências de fomento.

Por fim, muito obrigado aos leitores/visitantes deste blog que me procuraram durante o evento (mesmo que no último minuto rs). Foi, e está sendo, muito gratificante saber que estou conseguindo alcançá-los por meio deste blog. Isso me incentiva cada dia mais a continuar compartilhando algumas ideias, reflexões e notícias sobre catalogação. Sei que estou devendo alguns posts =/ Assim que possível voltarei a escrever com maior frequência.

Abraços,