Conversão de registros em XML para MARC 21: apresentação no ENANCIB 2014

ENANCIB 2014

O ENANCIB de 2014 foi realizado na Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em Belo Horizonte.

Nesse ENANCIB, que foi o primeiro do qual participei, apresentei minha dissertação de mestrado, Conversão de registros em XML para MARC 21: um modelo baseado em folhas de estilo XSLT, desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP, Campus de Marília.

O ENANCIB foi transmitido online através de um canal no YouTube. Minha apresentação, apesar de pequenas perdas devido a alguns cortes na transmissão, está disponível no vídeo a seguir (a partir de 1h15m).

No evento também foram apresentados outros trabalhos sobre catalogação, tais como “Ontologia baseada nos FRBR: proposta de aplicação em catálogos online”, de Rogério Aparecido Sá Ramalho, Zaira Regina Zafalon e Marcos Teruo Ouchi. Você pode conferir a programação completa do evento,  os anais e assistar às apresentações.

Conversão de registros em XML para MARC 21

Conversão de registros em XML para MARC 21: um modelo baseado em folhas de estilo XSLT

É com grande alegria que compartilho com vocês minha dissertação: Conversão de registros em XML para MARC 21: um modelo baseado em folhas de estilo XSLT, defendida recentemente no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UNESP.

Apesar dos Formatos MARC 21 desempenharem um importante papel no cenário internacional da catalogação, existem sistemas de gerenciamento de bibliotecas que não possibilitam a exportação dos registros de acordo com esses formatos – o que pode limitar a participação das bibliotecas usuárias desses sistemas em programas de catalogação cooperativa e causar conflitos durante a migração dos dados.

Pensando nessa situação, o objetivo da pesquisa que desenvolvi durante meu mestrado foi o de elaborar um modelo para a conversão de registros que pudesse auxiliar as instituições que desejam converter seus registros para algum dos Formatos MARC 21 (principalmente o bibliográfico e o de autoridade).

O modelo elaborado, a revisão de literatura que serviu de base para sua elaboração, bem como sua aplicação na conversão dos registros bibliográficos do Personal Home Library (PHL) para o Formato MARC 21 para Dados Bibliográficos, estão descritos na versão final da dissertação, disponível aqui.

Aproveito para agradecer aos membros da banca, os professores doutores Zaira Zafalon, Silvana Vidotti, Ricardo Santana e Maria Elisabete Catarino por suas contribuições, e a Prof.ª Plácida Santos, por sua orientação durante todos esses anos.

Fabrício Assumpção e Plácida Santos, 20/09/2013

O texto completo da dissertação está disponível em: marilia.unesp.br/Home/Pos-Graduacao/CienciadaInformacao/
Dissertacoes/assumpcao_fs_me_mar.pdf
.