RDA em 10 posts: #1 Examine o livro

Como anunciado pela Library of Congress, a partir de 31 de março de 2013 suas catalogações serão realizadas com o RDA. Faltam 10 semanas para essa data. Pensando nisso, começo hoje uma série de 10 posts sobre o RDA e, por que não, sobre um possível fluxo para sua utilização.

Para os posts utilizarei como base o RDA in 10 easy steps (for cataloguing a book) (RDA em 10 passos fáceis (para catalogar um livro)), criado por Thomas Brenndorfer. Assim, cada post conterá um dos passos elaborados por Brenndorfer e observações/dicas rápidas sobre o RDA.

Como o objetivo do RDA in 10 easy steps é ser simples e fácil, os posts dessa série serão bem mais curtos e diretos que os posts da série anterior. Comecemos então com o 1º passo!

Antes de começar, se você ainda não está familiarizado com o FRBR, suas entidades, atributos e relacionamentos, sugiro a leitura do post O que é FRBR?.

RDA em 10 posts: #1 Examine o livro

Registre os dados que ajudam as pessoas a identificar o livro. De modo geral, transcreva as indicações como encontradas no livro: título principal, outras informações sobre o título, títulos variantes, indicações de responsabilidade/edição/publicação/série, data de publicação, data de copyright, indicação de série, ISBN, etc. Quando necessário, faça notas relacionadas a qualquer um desses dados de identificação.

Para fazer isso você utilizará a seção 1 do RDA, Registro dos atributos de manifestação e item, mais especificamente o capítulo 2, Identificação de manifestações de itens, e as regras gerais do capítulo 1, Diretrizes gerais para o registro dos atributos de manifestação e item.

Você não está enganado! Está realmente escrito: “transcreva as indicações como encontradas no livro”. Essa instrução está presente em diversos momentos na seção 1 e por vezes está acompanhada de “utilize abreviaturas somente se presentes na fonte de informação”. Ou seja, se na fonte de informação constar “Segunda edição” ou “2ª edição” registre desse jeito mesmo!

Outra observação importante: seu usuário não é obrigado a saber latim, menos ainda abreviaturas em latim! Por isso não coloque mais [S.l.] ou [s.n.]. Se o local de publicação ou o publicador não puder ser determinado, registre “Local de publicação não identificado” ou “Publicador não identificado”.

Autor: Fabrício Assumpção

Bacharel em Biblioteconomia. Doutorando em Ciência da Informação na UNESP.

1 pensamento em “RDA em 10 posts: #1 Examine o livro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *