Modelo colaborativo para a construção e a publicação de Tesauros no contexto do Linked Open Data: aplicação no domínio da Música

Está disponível on-line a tese Modelo colaborativo para a construção e a publicação de Tesauros no contexto do Linked Open Data: aplicação no domínio da Música, de autoria de Everton Rodrigues Barbosa, defendida no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFSC.

Esta pesquisa tem como foco a construção colaborativa e a publicação de tesauros como Linked Open Data. Os tesauros foram escolhidos por serem considerados os tipos de Sistemas de Organização do Conhecimento com maior adesão ao modelo de dados Simple Knowledge Organization System e ao conjunto de práticas associadas ao paradigma do Linked Data. Assim, em razão da necessidade de atualização constante e a participação efetiva de diversos profissionais atuando de forma coordenada parte-se do pressuposto de que a adoção de práticas colaborativas pode agilizar a práxis de construção e manutenção. Ademais, construir um tesauro torna-se ainda mais desafiador quando se busca atender a demandas de informação de usuários heterogêneos. Nesse ponto, destaca-se o domínio da Música como o campo a ser estudado nesta pesquisa. Isto posto, organizar a informação musical é uma tarefa complexa em virtude das várias possibilidades de aplicação da música. Logo, admite-se que ela deve ser organizada com o propósito de atender às demandas de usuários especialistas e não especialistas simultaneamente. Dessa forma, o objeto de estudo da tese é a construção colaborativa e a publicação de tesauros no âmbito do Linked Open Data. De modo geral, objetiva-se: Propor um modelo colaborativo para a construção e a publicação de tesauros no contexto do Linked Open Data, tendo como área de aplicação o domínio da Música. A investigação é caracterizada como de natureza aplicada, exploratória e descritiva e de abordagem qualitativa. Para a realização do estudo, os dados foram coletados a partir de: questionários semiestruturados aplicados aos gestores de vocabulários controlados do domínio da Música em unidades de informação especializadas no Brasil; pesquisa documental, em que fez-se a análise de manuais e políticas de indexação dessas unidades; e pesquisa bibliográfica, em que foram sucedidas buscas sistemáticas em bases de dados para coletar e averiguar a produção científica sobre os temas tesauros e Linked Data. Os dados foram avaliados e processados com o auxílio das ferramentas Nvivo e Mendeley. Os métodos de análise empregados foram a Teoria Fundamentada em Dados e a Análise de conteúdo de Bardin. Conclui-se que o modelo colaborativo desenvolvido representa uma contribuição para a área da Ciência da Informação. A proposta se destaca pela reunião das abordagens mais atuais de construção de tesauros atreladas às demandas de sua publicação como Linked Open Data, sendo o principal contributo o desenvolvimento de um arcabouço teórico representado pela estruturação dos princípios norteadores. Esses princípios funcionam como o núcleo ou a base teórico-metodológica para o desdobramento de um ambiente colaborativo voltado para a construção e para a publicação de tesauros como Linked Open Data.

A tese está disponível no endereço: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/227022


Receba os novos posts por e-mail

Fabrício Assumpção

Bibliotecário na BU/UFSC. Bacharel em Biblioteconomia, mestre e doutor em Ciência da Informação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.