O ensino de catalogação no Brasil: estudo dos projetos pedagógicos e dos planos de ensino

No XXII Encontro Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (ENANCIB 2022) foi apresentado o trabalho O ensino de catalogação no Brasil: estudo dos projetos pedagógicos e dos planos de ensino dos cursos de Biblioteconomia na perspectiva da análise de conteúdo, de autoria de Marcos Leandro Freitas Hubner, José Fernando Modesto da Silva

Este trabalho apresenta um estudo sobre ensino de Catalogação nos cursos de Biblioteconomia brasileiros, sendo parte da tese de doutoramento que aborda o ensino de catalogação no Brasil. Teve por objeto os Projetos Pedagógicos de Curso de 36 instituições de ensino superior, bem como os Planos de Ensino das disciplinas de Catalogação, propondo-se a analisar as ementas, os objetivos e os conteúdos programáticos a partir do método da Análise de Conteúdo, desenvolvido por Bardin (1977). A partir da análise, construiu-se, fundamentado em autores da área, um conjunto de temáticas importantes para compor a disciplina de Catalogação, permitindo, com isso, identificar, agrupar e categorizar os conteúdos que perfazem a formação acadêmica de bibliotecários e bibliotecárias. Os resultados demonstram gargalos de conteúdo que podem ocasionar lacunas na formação dos futuros bibliotecários. A inclusão de novos conteúdos vem ocorrendo de maneira gradual, restringindo-se, muitas vezes, aos fundamentos teóricos da área e o acompanhamento e a incorporação das transformações advindas da informatização estão aquém das atuais demandas concernentes à área do conhecimento.

O texto completo está disponível em: https://enancib.ancib.org/index.php/enancib/xxiienancib/paper/view/1126

Fabrício Assumpção

Bibliotecário na BU/UFSC. Bacharel em Biblioteconomia, mestre e doutor em Ciência da Informação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.